Americanas

Novidades na área de Tecnologia da Informação (TI).



Essencial em praticamente todas as empresas, com o papel fundamental no crescimento de lucros e redução de custos operacionais, a área de TI é, hoje, parte do negócio em si e não mais um departamento isolado. Com isso, os profissionais tiveram que se adequar às exigências de mercado, e adquirir conhecimentos e habilidade que antes não possuíam. Além de um bom planejamento e organização, é necessário ser bom negociador, com bons conhecimentos de técnicas de negociação para sistematizar processos de fechamento de negócios ou acordos no projeto.

A evolução tecnológica ampliou não só o mercado de trabalho, como também mudou a forma de se trabalhar, por exemplo, com o surgimento, do processador de texto e a internet. Hoje, o mercado está demandando profissionais com foco em tecnologia e negócios digitais. Os profissionais mais requisitados em desenvolvimento de tecnologia são para Java, Ágil, Azure, ferramentas web, etc. Na área de negócios digitais, profissionais de marketing, estratégia envolvendo web 2.0, redes sociais, tecnologias móveis.

Qualificações técnicas mais maturidade e experiência de vida, são as características necessárias para um bom profissional de TI. Mas há espaço para todos os perfis de profissionais, cabendo à empresa escolher o que mais se encaixa em seu ambiente. Umas preferem uma pessoa mais jovem e agressiva, enquanto outras, profissionais mais maduros e estáveis emocionalmente, tudo isso, somado às exigências que já são padrões na área, como por exemplo, o inglês, que é a língua básica exigida, entretanto, é preciso saber outro idioma, que vai depender da empresa onde o profissional vá atuar.

E o futuro? 

A velocidade de mudança é uma característica muito forte no segmento de Tecnologia da Informação; e, hoje, não há uma área que não dependa de tecnologia. Como as novidades são muitas e não param de surgir inovações, o profissional precisa buscar a sua atualização constantemente.

As principais novidades da área são: a preocupação com a sustentabilidade, além de novas ferramentas criadas pela Microsoft, e movimentações de fusão e aquisição: “O SaaS (software como serviço) já é uma realidade praticada por muitas empresas e, no momento, a TI Verde passa a vigorar como um dos pré-requisitos nas compras de TI. Serão diferenciais os produtos e serviços que respeitem o meio ambiente. Em relação a processos de trabalho, tem aumentado a difusão do emprego de metodologias ágeis, ainda de forma incipiente, porém evoluindo em maturidade. Já sobre ferramentas, a Microsoft tem feito liberações importantes, tais como evolução da tecnologia de virtualização, novo sistema operacional para desktops e nova versão do plugin Silverlight para interface rica na Internet, e está trabalhando em outras liberações importantes, tais como nova versão da ferramenta de desenvolvimento Visual Studio, do framework NET, do Office e do SharePoint”,
Links de parceiros.